Comur – Conservas Portuguesas – Inovação ou Tradição?

Com o ano de fundação de 1942, a Comur, na Murtosa, Aveiro, é atualmente uma das maiores indústria conserveira portuguesa. O produto pioneiro foram enguias focado para o mercado exterior para possibilitar a difusão do sabor peculiar das feiras locais da Ria de Aveiro, que somente vendiam o produto fresco. Posteriormente aumentou o seu portfólio de produtos contando hoje com cerca de trinta variedades de conservas, ricas em detalhes e resultantes da experiência das mais de cem mulheres, por meio de produção artesanais aliado com um conhecimento de décadas, contando com iguarias singulares.

Rumo a produção de carne de frango sustentável: Singapura aprova um produto de carne cultivada em laboratório

A produção de carne in vitro é realizada a partir de células derivadas de animais, com o cultivo em condições controladas, com nutrientes e fontes de energia. Dentro desse contexto, nessa quarta-feira a Start-Up Eat Just, situada em São Francisco (Estados unidos) teve a aprovação para vender os seus produtos pela Agência de Alimentos de Cingapura sob a forma de ingrediente para nuggets de frango. A empresa descreve seu produto como “ carne real de alta qualidade desenvolvida diretamente de células animais para consumo humano”.

Quais são os desafios no desenvolvimento de produtos cárneos saudáveis?

Os produtos cárneos são aqueles elaborados a partir da carne fresca por um ou mais processos como: cozimento, salga, defumação, fermentação, adição de especiarias, condimentos, entre outros. Esses produtos possuem características sensoriais peculiares de cada processo como: aroma, cor, textura, sabor, além de conferir maior shelf life e segurança para esses alimentos. Porém, eles são ricos em proteínas, lipídios, aditivos e sódio. Como torná-los mais saudáveis?

Português PT English EN Español ES