Os pilares do bem-estar animal: as cinco liberdades

No século XXI, a agricultura passou por várias mudanças, dentre elas a valorização do bem-estar animal – BEA, além da gestão da qualidade que passou a ser realizada em toda a cadeia do produto. Aspectos na criação do animal como: afeto e liberdade de expressão do comportamento durante sua vida, passaram a ser relevantes. Esses estão correlacionados não apenas ao mercado consumidor, que está cada vez mais exigente, mas também com os profissionais estudantes da área.

Corredor de supermercado: alimentos sem plástico?

O desenvolvimento de embalagens sustentáveis de alimentos já é realidade global. Nesse contexto o supermercado Ekoplaza, em 2018, lançou o primeiro corredor sem plástico, em Amisterdã. Por volta de 700 itens estão no portfólio: cereais, molhos, laticínios, chocolates, snacks, carnes, frutas e vegetais. As embalagens empregadas são: de biomateriais, de vidro, metal ou cartão.

Suspeita de trabalho escravo de macacos leva grande redes de varejo a cortarem o fornecimento

A Gestão de fornecedores é de extrema importância para garantir a produção de um alimento seguro e com qualidade, considerando-se também as três esferas da sustentabilidade: economia, sociedade e meio ambiente para assegurar o fornecimento dos produtos, garantir a credibilidade e satisfação dos consumidores. Uma suspeita de trabalho escravo animal de uma empresa que produz alimentos à base de coco levou a várias redes de varejo a cortarem o fornecimento dos produtos dessa organização.

EFSA avalia e aprova a segurança do consumo das larvas do Tenébrio

Como um ponto forte aliado a sustentabilidade considerada uma das cinco tendências globais de consumo divulgada pela ADM, empresa de nutrição humana e animal, a segurança do consumo de inseto, mais especificamente as larvas secas do besouro Tenebrio molitor foi avaliada e aprovada pela Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA) como novo alimento (NF) nos termos do Regulamento (EU) 2015/2283 e foi divulgada nessa semana.

AuREUS System Tecnology: inovação para redução de desperdício de alimentos

O AuREUS é painel solar formado por um sistema que converte a radiação UV em luz visível e gera eletricidade (50% do tempo mais potente que painéis solares convencionais, que variam de 15 a 22% do tempo). Para sua aplicação é necessária uma superfície ou estruturas pré-existentes, como vidros de edifícios e um outro diferencial pode ser aplicada verticalmente comparando-se com o sistema tradicional que é horizontalmente e necessita de superfícies maiores.

Alimentos industrializados – Mitos e verdades – Highlights USP Talks

Os alimentos industrializados fazem bem ou mal para a saúde? Quais os mitos e as verdades que circulam em relação a esse tema!? O USP talks desse mês fechou o ano com chave de ouro por abordar um tema que foi polêmico esse ano em virtude da nota técnica do Ministério da Agricultura contra o Guia Alimentar para a População Brasileira em especial à alimentos ultraprocessados, apresentados como vilões.

Rumo a produção de carne de frango sustentável: Singapura aprova um produto de carne cultivada em laboratório

A produção de carne in vitro é realizada a partir de células derivadas de animais, com o cultivo em condições controladas, com nutrientes e fontes de energia. Dentro desse contexto, nessa quarta-feira a Start-Up Eat Just, situada em São Francisco (Estados unidos) teve a aprovação para vender os seus produtos pela Agência de Alimentos de Cingapura sob a forma de ingrediente para nuggets de frango. A empresa descreve seu produto como “ carne real de alta qualidade desenvolvida diretamente de células animais para consumo humano”.

Série IRSFD – Empreendendo com vinho P.03 QUAIS TIPOS DE VINHOS SÃO RECOMENDADOS PARA PEQUENOS PRODUTORES?

A maior produção no Brasil é de vinhos de mesa, elaborados a partir de uvas americanas (Vitis labruscas), mais rústicas e resistentes a doenças, de melhor adaptação ao nosso clima, que resultam em um vinho de perfil sensorial mais simples e menor valor de mercado. Para produção de vinhos finos, é necessário investir em uvas viníferas (Vitis viníferas) que trazem aromas e sabores mais complexos, considerados mais refinados, resultando em vinhos mais finos.

Série IRSFD – Empreendendo com vinho P.02

Embora no geral haja pouco apoio para os produtores de menor porte, há órgãos oficiais, associações e cooperativas que auxiliam na produção das uvas e do vinho. Estas entidades compartilham recursos e infraestrutura para o desenvolvimento de novas tecnologias, realizam transferência de conhecimento e resultados de pesquisas.

SÉRIE IRSFD – EMPREENDENDO COM VINHO P.01 Por onde começar???

O Brasil vem sendo reconhecido pela produção de vinhos com características interessantes e tem ganhado o gosto do consumidor, embora muitos brasileiros ainda desconheçam o brilhante potencial das pequenas vinícolas espalhadas pelo Brasil. De norte a sul, há pequenos produtores que utilizam todo o seu conhecimento histórico, experiência e amor para produzir vinhos privilegiando a boa qualidade podendo alcançar melhor preço, embora alguns ainda coloquem a quantidade em primeiro do plano.

Dia Nacional dos Surdos

Algumas conquistas para a inclusão nesse sentido já ocorreram, como oficialização da Libras como segunda língua nacional, obrigatoriedade do ensino de Libras na formação de professores e para crianças com deficiência auditiva e a presença do intérprete de Libras em órgãos públicos.

Português PT English EN Español ES